quinta-feira, 1 de junho de 2017

Frases que marcam #52

Fonte


   - Falhámos a vida, menino! [João da Ega]
   - Creio que sim... Mas todo o mundo mais ou menos a falha. Isto é, falha-se sempre na realidade aquela vida que se planeou com a imaginação. Diz-se: «vou ser assim, porque a beleza está em ser assim». E nunca se é assim, é-se invariavelmente «assado», como dizia o pobre marquês. Às vezes melhor, mas sempre diferente. [Carlos da Maia]

Eça de Queirós em Os Maias
(Ulisseia)

terça-feira, 30 de maio de 2017

Frases que marcam #51

Fonte

Não há nada de indecente na Natureza, minha rica senhora. Indecente é a ignorância...

Afonso da Maia
Eça de Queirós em Os Maias
(Ulisseia)

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Frases que marcam #50

Fonte

Children have one kind of silliness, as you know, and grown-ups have another kind.

C. S. Lewis em The Magician's Nephew
(Harper Collins)

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Frases que marcam #49

Fonte

Mas reflictam aqueles que não vêem o futuro. Dizendo não ao progresso, não é ao futuro que eles condenam, mas a si próprios. Esses dão-se a uma triste doença; inoculam-se do passado. Há só uma maneira de recusar o Amanhã: é morrer.
Ora, o que nós queremos é que não haja nenhuma morte; a do corpo o mais tarde possível, a da alma jamais.

Victor Hugo em Os Miseráveis
(Publicações Europa-América) 

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Frases que marcam #48

Fonte

Superstições, hipocrisia, beatice, preconceitos, todas estas larvas, apesar de larvas, têm apego à vida; têm dentes e unhas no seu estrume; é necessário arcar com elas peito a peito e fazer-lhes a guerra, mas guerra sem tréguas; pois uma das fatalidades da humanidade é ser condenada a combater eternamente com fantasmas. É sempre difícil agarrar a sombra pela garganta e derribá-la.

Victor Hugo em Os Miseráveis
(Publicações Europa-América)